Prefeito de Bela Vista do Paraíso tenta barrar aumento de 12% na água

Leia também:

Londrina vira assunto no Twitter por relatos de violência sexual entre jovens e adolescentes

Elas chamam a atenção para casos de violência e abusos, e pedem por Justiça.

Aumento dos casos de coronavírus em Londrina leva MP a pedir novo fechamento do comércio

Promotoria diz que cidade não segue recomendações científicas.

Guardas Municipais são indiciados pela morte de adolescente de 16 anos em Londrina

Crime aconteceu em outubro de 2019 no Jardim Bandeirantes.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

O prefeito de Bela Vista do Paraíso, Edson Brene, assinou na quinta-feira (18) um decreto que pretende barrar a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) de aplicar o reajuste de 12,13% no município. A Agência Reguladora DE Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar) já havia homologado o reajuste, conforme solicitação da Sanepar.

Segundo o decreto assinado pelo prefeito, o contrato de concessão entre o município e a Sanepar está vencido desde 2018, e portanto não há previsão legal ou contratual para aplicar o aumento nas tarifas, sem a homologação do município.

O decreto também diz que o percentual de aumento extrapola a inflação acumulada no período. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aponta que a inflação oficial no país no último ano foi de 4,3%

A determinação da prefeitura de Bela Vista passa a valer a partir da publicação em Diário Oficial, no entanto não terá reflexo na prática, uma vez que a regulação do aumento é feita pela Agepar e pelo Governo do Paraná.

Fique ligado:

- Publicidade -