fbpx
PUBLICIDADE
LondrinaSaúde

Belinati assina ordem de serviço para construir nova UBS na zona oeste

Cerca de R$ 1 milhão serão investidos. Unidade Santa Rita atenderá 15 mil pessoas.

Cerca de quinze mil moradores da região oeste serão atendidos na UBS que será construída no Jardim Santa Rita, na Rua Ângelo Gaioto. Nesta segunda-feira (8), o prefeito Marcelo Belinati e o secretário municipal de Saúde, Felippe Machado, assinaram a ordem de serviço que autoriza o início das obras de uma nova Unidade Básica de Saúde em Londrina.

Na solenidade de assinatura da ordem de serviço, o prefeito Marcelo Belinati enfatizou que há muita coisa boa acontecendo em Londrina, ao mesmo tempo. “Londrina está vivendo seu melhor momento dentre os últimos 20 anos, e vou explicar resumidamente o porquê. A Controladoria-Geral da União anunciou, há cerca de 40 dias, que Londrina possui a Prefeitura mais transparente do Brasil. E transparência é a garantia de que o recurso de cada um de nós está sendo bem aplicado. Temos equilíbrio nas contas, pois Londrina está gastando 43,28% do seu orçamento com custeio. Quando assumimos a Prefeitura, esse índice era de quase 50%.” detalhou.

A nova unidade irá abrigar a UBS do Jardim Leonor. Marcelo adiantou que o prédio atual, localizado na Rua Aroeira, ficará destinado exclusivamente para o Pronto Atendimento (PA) 24 horas, que também passará por reformas e melhorias. “O que está acontecendo aqui hoje, a construção do posto de saúde, faz parte de um projeto para a região oeste. Hoje o Pronto Atendimento funciona junto com o posto de saúde, o que acaba atrapalhando. E vamos separar os dois, tirando o posto de saúde de lá, e trazendo para o Santa Rita”, contou.

O prefeito citou ainda várias outras conquistas que irão beneficiar não só a região oeste, mas toda a população de Londrina, seja da área urbana ou rural, centro e demais bairros. “O PAI será reconstruído, a Maternidade vai quase dobrar de tamanho e a obra está sendo licitada. Construiremos a nova sede do SAMU, que ficará ao lado da Rodoviária, e o Centro de Referência em Atendimento à Pessoa com Deficiência, ao lado da UPA Sabará, para atender as 116 mil pessoas com deficiência” frisou.

Para a construção da UBS do Santa Rita, que vai ter uma área total de 500 metros quadrados, serão investidos aproximadamente um milhão de reais. Além disso, o Município irá fornecer novos equipamentos, e poderá fazer a recomposição da equipe de servidores, caso seja necessário. O prazo previsto em contrato para conclusão da obra é de 240 dias, cerca de oito meses.

(N.COM)

Leia também

Botão Voltar ao topo
Fechar