27 C
Londrina
- Publicidade -

Motorista de 24 anos morre em acidente na BR-153 em Tibagi

Leia também:

Homem traído pela mulher se pendura na rede elétrica no Centro de Londrina

Ele tentou suicídio, mas não sofreu ferimento algum.

Mulher atira no ex-marido por não aceitar fim de relacionamento em Londrina

Ela chamou o ex-marido no portão da casa dele e atirou.

Londrina tem 800 novos casos suspeitos de dengue por dia

Prefeitura anunciou contratação emergencial de médicos e enfermeiros.
Derick Fernandeshttps://www.24horas.com.br
O jornalista Derick Fernandes é editor chefe do 24Horas
- Publicidade -

Um caminhoneiro morreu em um grave acidente na madrugada desta terça-feira (18), após perder o controle do caminhão e tombar na BR-153, em Tibagi, nos Campos Gerais do Paraná.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão transportava uma carga de tomares, que ficou espalhada pela pista. A polícia também constatou que o motorista estava sem o cinto de segurança, uma vez que foi arremessado contra a porta do passageiro, quebrando a janela.

No interior do caminhão a PRF encontrou remédios a base de anfetaminas, que são utilizados como inibidores do sono. A suspeita é que o motorista possa ter dormido ao volante.

A polícia disse que os comprimidos são utilizados por motoristas, para que possam dirigir por mais tempo seguido. O uso no entanto, pode alterar a percepção do condutor, causando inclusive a ‘hipnose rodoviária’, que é quando o motorista se mantém de olhos abertos, mas sem a percepção da realidade à sua volta. A hipnose vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

O caminhão tinha placas de Bento Gonçalves (RS) e estava seguindo para Porto Alegre (RS).

A rodovia ficou bloqueada para remoção do veículo e do corpo, e só foi liberada por volta das 8h.

Caminhão ficou completamente destruído – Foto: Divulgação / PRF

Assine nossa Newsletter

Receba diariamente as principais notícias do Paraná e do Brasil.

Comentários

#Face24H

- Publicidade -